DIGNO (Marcos Brunet)-Live sessions-Diego e Tati

Não tenho nada pra te oferecer
Nada que te possa surpreender
Só um coração quebrantado mais uma vez
E não há nada que me apaixone mais
Nada que me impressione mais
Só tua presença, só o teu olhar
Me fazem suspirar

Me inclino diante de ti
Rei que perdoa multidão de erros
Me inclino diante de ti

Digno eternamente
Digno, impressionante
Digno, diante de ti eu me inclino
Só tu és digno eternamente
Digno, impressionante
Digno, diante de ti eu me inclino

No tengo nada para ofrecer
Nada que te pueda sorprender
Solo un corazón, quebrantado
Una y otra vez

Y no hay nada que me enamore más
Nada que me apasione más
Solo tu presencia
Solo tu mirada
Me hace suspirar

Me inclino ante ti
Rey que perdona, multitud de errores
Me inclino ante ti

Digno, eternamente
Digno, impresionante
Digno, solo ante Ti yo me inclino

Solo ante Ti yo me rindo
Digno, eternamente
Digno, impresionante
Digno, solo ante Ti yo me inclino

Digno
Não tenho nada a oferecer
Nada que te possa surpreender
Só um coração, quebrantado
Uma e outra vez

E Não há nada que eu anseie mais
Nada que me possa dar prazer
Só tua presença
Só teu olhar
Me faz suspirar

Me inclino ante a Ti
Rei que perdoa a multidão de erros
Me inclino ante a Ti

Digno, eternamente
Digno, impressionante
Digno, somente a Ti eu me inclino

Somente a Ti eu me rendo
Digno, eternamente
Digno, impressionante

Post Author: hatefull